Comércio e restaurantes poderão abrir nos feriados na maior parte do ES conforme mudança nas regras

O funcionamento de lojas, galerias, centros comerciais, lanchonetes, restaurantes, shopping centers, entre outros, está permitido nos municípios classificados como de Risco Alto em todos os feriados. A informação foi divulgada pelo Governo do Espírito Santo nesta quinta-feira (29). Todas as regras do funcionamento estão no Guia de Perguntas e Respostas sobre as Medidas Restritivas.

Com a mudança na classificação do Mapa de Risco em que cidades do Espírito Santo, inclusive da Grande Vitória, passaram do risco extremo para o alto, o governo do Estado decidiu flexibilizar as regras, permitindo o funcionamento de alguns setores durante os feriados. Antes, esses setores só estavam liberados em determinados dias da semana.

Para os municípios com Risco Alto

De acordo com informações publicadas no guia, o funcionamento de estabelecimentos comerciais, galerias e centros comerciais, será limitado, de segunda a sexta-feira, ao horário das 10h às 18h, e, no sábado, até às 10h às 14h.  Os shoppings podem funcionar de segunda a sexta-feira, de 12h às 20h, e, no sábado, das 12h às 16h.

As lanchonetes, cafeterias, restaurantes, lojas de conveniência e distribuidoras de bebidas alcoólicas e similares poderão funcionar, entre 10h e 20h, de segunda a sexta-feira, e das 10h às 16h no sábado.

Também está permitida a comercialização de lojas, galerias, centros comerciais, lanchonetes, restaurantes, shopping center, etc, com a retirada pelo cliente de produtos em área externa do estabelecimento (take away).

Classificação

RISCO EXTREMO: Domingos Martins, Ecoporanga, Mimoso do Sul, Pedro Canário e Santa Teresa.

RISCO MODERADO: Alto Rio Novo, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Governador Lindenberg, Iconha, Itaguaçu, Itarana, Jaguaré, Laranja da Terra, Marilândia, Mucurici, Ponto Belo, Rio Bananal, Santa Leopoldina, São Domingos do Norte, São Roque do Canaã, Venda Nova do Imigrante, Vila Pavão e Vila Valério.