‘Nos preocupa muito o que está por vir no ES ainda’, diz tenente-coronel da Defesa Civil

O Espírito Santo, já castigado pelas fortes chuvas, principalmente na região sul, desde a última sexta-feira (17), recebeu avisos e alertas de cinco institutos de meteorologia, para chuvas fortes, tempestades e ventos com intensidade de até 63km/h. Os alertas são válidos até o fim da semana.

Segundo o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Carlos Wagner Borges, é a primeira vez que o Espírito Santo recebe o alerta da Defesa Civil Nacional. Demais avisos e alertas foram emitidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe); Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet); Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden); Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e Marinha do Brasil.

Segundo o tenente-coronel, no total, o estado recebeu 15 alertas, válidos para diferentes regiões. “Nós estamos com 15 alertas para o Espírito Santo. (São alertas) individuais, que vão para Vargem Alta, Marechal Floriano, Mantenópolis, Colatina, São Domingos do Norte, São Mateus, Marilândia, Rio Bananal, Governador Lindenberg e Linhares, ou seja, vai chover no estado inteiro”.

“O alerta unificado diz que haverá chuvas intensas e altos acumulados de precipitação e isso é o que preocupa. Nós estamos com um ciclone tropical na costa que vai do sul da Bahia ao litoral do Espírito Santo. O vento vai varrer, com força, todo o nosso litoral […] a intensidade maior pega o sul do estado, já castigado pela chuva, além da Grande Vitória”, explicou.

Mais de 2.300 pessoas fora de casa no sul do estado

Segundo o boletim da Defesa Civil estadual, atualizado às 11h desta quarta-feira (22), já são 2.355 mil pessoas estão fora de casa por conta das fortes chuvas na região sul do Espírito Santo. Até o momento, sete mortes foram confirmadas pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp). 

Defesa Civil Nacional cria medidas para ajudar municípios do sul do ES

O Ministério da Integração Nacional também reconheceu a situação de emergência do município de Nova Venécia, no Espírito Santo, em decorrência da estiagem. As portarias foram publicadas no Diário Oficial da União e entram em vigor nesta quarta-feira.

A partir de agora, os municípios podem pedir ajuda para as ações de resposta, voltadas ao socorro, assistência e estabelecimento de serviços essenciais, além de solicitar recursos financeiros para ações de reconstrução das áreas atingidas.

Para solicitar esses recursos, os municípios devem enviar um plano detalhado de trabalho indicando as necessidades das verbas. O pagamento aos gestores é feito, exclusivamente, por meio do Cartão de Pagamento de Defesa Civil e pode ser acompanhado pelo Portal da Transparência.

Alerta de ciclone subtropical

A Marinha do Brasil emitiu um alerta da possível formação de um ciclone subtropical no litoral do Espírito Santo a partir da próxima quinta-feira (23). De acordo com o aviso, os ventos podem superar 63 km/h e resultar em grandes acumulados de chuva no Sul do Estado.

A formação do ciclone acontecerá em alto-mar, entre o norte do Rio de Janeiro e o sul do Espírito Santo. Lá, os ventos podem chegar a 87 km/h, e resultar em ondas de 4 metros de altura entre o dia 23 e o próximo sábado (25).

Fonte: FV