Oficinas e lojas de autopeças voltam para lista de serviços essenciais. Entenda o que mudou no decreto!

Além de retirar a proibição do funcionamento de supermercados e padarias nos feriados, após os vereadores de Vitória aprovarem o projeto de lei para antecipar três feriados no município, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, fez outras alterações no decreto com as medidas de enfrentamento à covid-19.

Uma delas é em relação à atividade dos servidores públicos e demais profissionais que desempenham atividades em serviços públicos considerados essenciais, que deverão continuar trabalhando no feriado municipal.

O Decreto 4849-R, publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado de sexta-feira (26), também traz mudanças para borracharias, casas de autopeças e oficinas de reparação de veículos, que voltam a ser considerados serviços essenciais. Sendo assim, estabelecimentos do segmento podem continuar funcionando normalmente durante o período de fechamento total no Estado que segue até o dia 4 de abril.

>> Clique para ver o Diário Oficial de sexta-feira!

                          • O que não poderá funcionar a partir de domingo? •

Comércio

Comércio atacadista, lojas de material de construção civil, comercialização de produtos e serviços de cuidados animais (permitido o funcionamento de clínicas médicas veterinárias e comercialização de alimentos);

Bancos

Nas agências bancárias, só será permitido o atendimento presencial para recebimento de benefícios). Além disso, não poderão funcionar as instituições financeiras de fomento econômico.

Lotéricas

Pesca

A atividade de pesca de lazer no mar está suspensa. Somente a pesca comercial está autorizada.

Serviços públicos

Foi retirada também a permissão para o atendimento presencial em concessionárias prestadoras de serviços públicos.

Saúde

Em relação aos serviços de assistência à saúde, será permitido o funcionamento somente de “hospitais, clínicas e consultórios médicos, odontológicos e de fisioterapia, laboratórios e farmacêuticas”. A campanha de vacinação seguirá normalmente;

Transporte público

Suspensão do transporte coletivo em todo o Espírito Santo a partir deste domingo (28) até o dia 04 de abril. A medida vai atingir 100% dos coletivos dos serviços metropolitano (Sistema Transcol), rodoviário (intermunicipal e interestadual) e os municipais nas cidades que possuem o serviço;

A decisão sobre o transporte coletivo foi tomada com objetivo de reduzir a interação entre as pessoas, visando a redução na transmissão da doença.