Vendedora da Motovix de Santa Maria de Jetibá é sucesso nas redes sociais

A ascensão da tecnologia e a facilidade de comprar com apenas um clique tem atraído cada vez mais o consumidor brasileiro. Só em 2020, as vendas pelas redes sociais cresceram 56%, enquanto o faturamento do ramo atingiu R$ 42 bilhões. Isso tudo em um período de crise.

Dentre os principais motivos para o salto, muitas lojas desenvolveram ações de comunicação nas redes sociais, por meio de capacitação de seus funcionários ou de empresas de marketing digital. Hoje, esses canais são considerados os de maior engajamento dos consumidores.

79% é o volume de vendas que vendedores que usam as redes sociais profissionalmente fecham a mais do que os profissionais que não usam. O dado é da Revista Forbes e mostra o quanto os vendedores devem estar atentos as presenças nas principais e mais estratégicas redes sociais como Facebook e Instagram.

Mas o que muda na comunicação quando a venda não é presencial?

Um destes destaques nas redes sociais na região serrana do ES é a vendedora Caroline Souza de Almeida, a Caroline Motovix, que comercializa motocicletas e consórcios em Santa Maria de Jetibá, ES. Para ela a grande vantagem de vender pela internet é que você tem o poder de exceder as barreiras de localização e atingir um público que antes você não tinha como atingir no seu bairro.

“Nesse novo panorama de vendas, os consumidores estão altamente abastecidos de conhecimento”.

Caroline esclarece que uma boa comunicação, afirmativa e objetiva faz com que o cliente sinta segurança no dialogo virtual do profissional. Com respostas diretas, honestas e precisas, que acabem com as dúvidas do cliente, são importantes para criar vínculos de confiança.

“O uso das redes sociais voltadas para vendas é uma realidade que não tem volta presente em empresas de pequeno, médio e grande portes. Nesse novo panorama de vendas, os consumidores estão altamente abastecidos de conhecimento. Assim, as compras de qualquer produto ou serviço está mais consciente e exigente”.

“Para isso, nós, os vendedores, precisamos entender de forma simplificada qual é o comportamento do consumidor na internet para estar sempre um passo à frente. Não basta só uma postagem aleatória com um vídeozinho, uma fotinha, é preciso quebrar a frieza da distancia e criar um inicio de fidelização com respeito e acima de tudo entender a necessidade do cliente virtual que muitos no pós venda se tornarão amigos”, esclarece Caroline.

“Não basta só uma postagem aleatória com um vídeozinho, uma fotinha, é preciso quebrar a frieza da distancia e criar um inicio de fidelização”.

“Nós não podemos esquecer que a transformação digital mudou de maneira drástica a maneira como vivemos e compramos. O acesso à internet abriu um novo mundo de possibilidades. Agora, temos (nós também comparamos) uma infinidade de informações à nossa disposição com apenas alguns cliques”.

Caroline enfatiza que tudo isso significa que o poder mudou de mãos.

“Não é mais a empresa que controla as informações, o produto e o preço. E sim, o próprio consumidor. Portanto, “empurrar” ofertas e vender apenas por vender não é mais uma opção. O vendedor na era digital precisa, de fato, conquistar a confiança do cliente. Só assim ele conseguirá estabelecer um relacionamento e vender mais e melhor”.

“Hoje o consumidor, no meu caso, as motocicletas tem acesso a todas as informações, as vantagens e desvantagens, consegue comparar os preços praticados no mercado e, talvez o mais importante, avalia a experiência que outras pessoas tiveram ao comprar o mesmo item, este poder do cliente nós não podemos esquecer.”

“O bom profissional, treinado, capacitado com as técnicas fundamentais das vendas virtuais e, acima de tudo, que saiba identificar o perfil e as necessidades dos clientes, certamente vai promover uma boa experiência, conquistar a confiança e até mesmo fidelizar o cliente. Quando o assunto é vendas, esse é o grande desafio do mundo moderno”. Finalizou Caroline Motovix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *